‘Vakinha’ para ajudar entregador atacado por porco se aproxima da meta de R$ 10 mil

Após ter sido atacado por um porco e ver as imagens ganhar repercussão nacional, o entregador Willian de Souza Rodrigues, de 43 anos, segue se recuperando em casa. Ele foi surpreendido pelo animal no último domingo (18), no bairro Bonsucesso, em Franca (SP) e o vídeo viralizou; assista abaixo.

Desde então, muitos amigos se reuniram para ajudar Willian que é professor de dança e estava fazendo entregas como trabalho alternativo para garantir o sustento da família, já que ficou sem as aulas, por conta da pandemia de Covid-19. Sem a moto que ficou danificada durante as investidas do suíno e em recuperação por pelo menos 30 dias, conforme recomendação médica, uma “vakinha” virtual foi aberta na internet e está próxima de atingir a meta de R$ 10 mil.

 

No início da noite desta quarta-feira (21), a campanha já tinha recebido R$ 9.217,00, com 160 apoiadores. Ontem, Willian passou por atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para receber os cuidados com o ferimento que sofreu após ter sido mordido nas nádegas pelo animal, sendo necessários mais de 10 pontos no local.

Para quem deseja ajudar o entregador, pode acessar fazer a doação no link da Vakinha.

O porco

Ontem, equipes da Vigilância Sanitária e Guarda Civil Municipal estiveram em uma Área de Preservação, no bairro Bonsucesso e deram uma destinação correta ao animal conhecido por “Torin” e que estava em um chiqueiro em condições de maus tratos, sem alimentos e até água.

Porco “Torin” estava em condições precárias (Foto: Divulgação)

Um processo administrativo foi aberto e os responsáveis pelo porco foram autuados. Após acordo, os donos levaram o bicho para uma chácara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *