Prédio “esqueleto” volta a ser invadido por jovens e segue abandonado em Franca

Em Franca, 0 antigo prédio do “esqueleto” foi mais uma vez invadido por adolescentes que se arriscam ao entrar nas dependências do edifício que está abandonado há anos e que a Prefeitura não consegue resolver. Nesta segunda-feira (24), jovens foram vistos circulando normalmente interior, sem qualquer temor ou risco por conta da estrutura.

O local já foi cercado para evitar invasões, mas o problema não é resolvido. Em março do ano passado, o psicólogo Muller Lucas Evaristo, de 27 anos, caiu do prédio que fica na avenida Adhemar Polo Filho, no Jardim Lima.

Em julho do ano passado, os vereadores questionaram o prefeito Alexandre Ferreira (MDB) sobre a possibilidade a destinação para o “esqueleto”, mas nada do que foi colocado, se quer saiu do papel. Recentemente, uma equipe técnica da empresa contratada pela Prefeitura de Franca, iniciou os levantamentos das condições do prédio recebido pelo município, em doação pelo Governo do Estado de São Paulo.

O resultado indicado no estudo técnico possibilitará a administração municipal dar a destinação adequada ao prédio. Esse laudo técnico tem como valor investido de quase R$ 96 mil, mediante licitação pública.

Há época, o secretário de Infraestrutura, Nicola Rossano Costa, reforçou que uma equipe de profissionais engenheiros da Prefeitura, está responsável em fazer o acompanhamento e já esteve em contato com os profissionais, que estão coletando as informações.

Com as análises e materiais recolhidos da estrutura, os técnicos deverão produzir um inventário sobre todas as dependências, os materiais utilizados e as condições atuais, desde o térreo ao último pavimento, os impactos causados pelas intempéries nesses últimos anos, em que o prédio ficou sem nenhuma manutenção e se teria condições de ser restaurado.

No documento de cessão feito pelo Governo do Estado consta que, prioritariamente, a destinação deveria ser para serviços nas áreas de Educação, Assistência Social ou Saúde, mas até o momento, nenhuma nova posição foi dada.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *