Polícia Ambiental liberta 74 aves de cativeiro em loja de rações em Franca; assista

Uma grande quantidade de aves nativas foram libertadas de um cativeiro em uma loja de rações, na Vila São Sebastião, em Franca (SP). A ação da Polícia Ambiental aconteceu após denúncias e localizaram várias espécies mantidas nas gaiolas e sem licença do órgão ambiental.

De acordo com informações da PM Ambiental, o local também funciona para a venda de galinhas e aves exóticas como canários do reino e calopsita. Questionado sobre a existência de outros passarinhos, o comerciante autorizou a entrada das equipes nos fundos do estabelecimento, onde em vários cômodos estavam com diversas aves silvestres nativas.

O proprietário do comércio informou não possuir licença do órgão ambiental para manutenção das aves em cativeiro e que pessoas deixavam as aves ali em forma de troca por mercadorias de seu comércio, caracterizando, portanto, escambo das aves.

Ao todo foram 74 aves retiradas do local, sendo 32 canários da terra, 16 trinca-ferro, 13 coleirinho papa capim, três bigodinhos, quatro graúna (pássaro preto), três pintassilgo de cabeça preta, um azulão com anilha, uma pomba asa branca e um papagaio.

Diante dos fatos, as aves foram levadas ao VITAS (Viveiro Transitório de Aves Silvestres) de Franca para triagem e posteriormente a soltura, exceto o azulão e o papagaio que se mostravam domesticados.

O comerciante foi multado administrativamente em R$ 74 mil e vai responder ainda na esfera penal, já que o caso foi registrado na delegacia para as demais providências da Polícia Judiciária pela lei de crimes ambientais.

Imagens: Polícia Militar Ambiental/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *