Operação da Polícia Civil acaba com esquema de fabricação de drogas em Franca e região

Uma importante ação realizada pela Polícia Civil de Franca (SP) desmontou um esquema de fabricação de drogas, na cidade e na região. Durante a operação “Breaking Bad”, envolvendo as delegacias Seccional, DISE (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) e o GOE (Grupo de Operações Especiais), realizada no decorrer da semana, resultou na prisão de três pessoas.

Durante o início dos trabalhos, jovens que preparavam diversas porções de cocaína e maconha, foram identificados na região Sul do município. Após varreduras, os policiais encontraram os entorpecentes enterrados em uma área às margens da rodovia Ronan Rocha, que liga Franca a Patrocínio Paulista, e que resultou na prisão de dois envolvidos e na identificação de um terceiro que está sendo investigado.

Diante dos fatos, as equipes policiais se dirigiram para o cumprimento de mandados de busca em Cristais Paulista (SP). No município, dois locais usados como pontos de tráfico, sendo drogas apreendidas, além de petrechos para o preparo das mesmas e dinheiro.

Já na tarde desta quinta-feira (15), policiais da DISE localizaram um laboratório, na região Norte de Franca, apreendendo porções de maconha e cultivo da planta, porções de cocaína, várias unidades do entorpecente sintético conhecido por K4, além ácido clorídrico que seria utilizado para a produção das drogas LCD e metanfetamina, conhecidas por Cristal. O acusado confessou aos investigadores que através de pesquisas de TCC’s (Trabalho de Conclusão de Curso) e trabalhos de estudos na internet, aprendeu a manipular produtos químicos que levam à produção do ácido clorídrico, substância esta que usaria para a manufatura da metanfetamina.

Junto ao laboratório foram apreendidos os materiais próprios para manipulação de substâncias químicas, além de dinheiro. As ações resultaram na prisão de três homens, que seguiram para a Penitenciária de Franca, sendo que outros envolvidos seguem sendo investigados.

O delegado Leopoldo Gomes Novais, da DISE, destacou a importância das denúncias que podem ser feitas através do telefone 197 (Polícia Civil) ou pelo WhatsApp, através do número: (16) 99255-6087 e o sigilo é absoluto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *