Desejo da Fifa, Copa do Mundo a cada dois anos não agrada jogadores

Maioria dos jogadores de futebol não aprova mudança relacionada à periodicidade da Copa do Mundo. É o que aponta uma pesquisa realizada pelo sindicato mundial dos jogadores profissionais, conhecido pela sigla FIFPro.

De acordo com a entidade, 1000 jogadores de 70 diferentes países foram questionados sobre o tema e 75% deles afirmaram que preferem que a Copa do Mundo continue sendo realizada de quatro em quatros, e não a cada dois, como pretende a Fifa. A entidade máxima do futebol vem trabalhando para realizar o Mundial com um intervalo de tempo menor entre as edições e estima que a mudança viabilizaria uma arrecadação de até R$ 25 bilhões a mais aos cofres da Fifa.

A análise por região do estudo da FifPro mostra que, na Europa e na Ásia, 77% dos futebolistas mostraram-se favoráveis ao atual formato da competição; nas Américas 63% não querem que a periodicidade mude e, na África, 49%. Até o momento, entidades como a Uefa e a CONMEBOL, além de algumas federações, se mostram contrárias à ideia de uma Copa do Mundo bienal.

Em setembro do ano passado, a Associação dos Clubes Europeus, entidade que representa mais de 230 clubes ao redor do velho continente, afirmou a realização da Copa do Mundo a cada dois anos impactaria de forma destrutiva ao futebol de clubes, colocaria a saúde e o bem estar dos jogadores em risco e diminuiria o valor e o significado de outras competições.

Reportagem: Milena Abreu/Agência Rádio 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *