Cidade no interior de SP quer adotar esquema eleitoral para vacinação em massa em único dia

Cidade de Botucatu, no interior paulista, celebrou um acordo de cooperação com o Tribunal Regional Eleitoral para esquema de vacinação em massa num único dia, como nas eleições. A ideia nasceu na Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Os cartórios eleitorais da cidade devem organizar o processo, com o know-how que montam para receber o público nas sessões eleitorais.

De acordo com publicação do Estadão, os pesquisadores também querem avaliar o impacto da imunização nas populações da região, inclusive a eficácia da vacina contra as variantes do coronavírus.

A data da imunização global não está definida, mas já há disponibilidade de cerca de 1,2 mil mesários e servidores que trabalharam na eleição do ano passado, que se apresentaram como voluntários.

As doses da vacina AstraZeneca serão liberadas pela Fiocruz e devem imunizar cerca de 100 mil moradores com mais de 18 anos entre 148 mil eleitores.

A prefeitura pretende utilizar 45 locais de votação como postos de vacinação. Os voluntários que atuaram como mesários vão convocar os eleitores para receber as doses, mas não terão o abono do dia de trabalho, como na eleição.

A triagem será no mesmo esquema, com apresentação do título eleitoral e comprovante de residência para receber a dose exatamente no local onde vota.

O estudo tem apoio da Universidade de Oxford e da Fundação Gates.

Fonte: Agência Rádio 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *