Batatais recebe plasma convalescente para tratar pacientes com Covid-19

Numa parceria com o Instituto Butantan, Batatais  (SP) está recebendo o projeto piloto que utiliza plasma convalescente para tratar pacientes com Covid-19. Segundo a Secretária de Saúde Bruna Toneti chegaram 50 bolsas de plasma que serão utilizadas iniciamente em pacientes na UPA.

Poderão receber o tratamento pessoas imunossuprimidas, com comorbidades e maiores de 30 anos, sendo necessário ter diagnóstico comprovado de Covid-19. Para isso, os hemocentros são pontos de coleta, armazenamento e distribuição do plasma hiperimune, inclusive o Hemocentro de Ribeirão Preto, da qual a unidade de Batatais é vinculada.

O plasma é a parte líquida do sangue, e é nele que estão contidos os anticorpos. O objetivo de um tratamento utilizando plasma convalescente é transferir ao paciente, de maneira passiva, um quantitativo de anticorpos suficiente para combater o vírus. O Butantan compara o tratamento a uma vacina imediata, pois ele transfere anticorpos contra o novo coronavírus ao mesmo tempo em que o organismo do paciente responde pela sua imunidade normal.

O Prefeito Juninho Gaspar, que solicitou a inclusão de Batatais neste projeto piloto, inicialmente desenvolvido apenas em Araraquara e Santos, ressalta que é mais uma ação em favor da vida. “Agradeço ao Instituto Butantan dizendo que cresce a esperança de dias melhores, na medida em que avançam os trabalhos científicos”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *